E quando eu achava que toda aquela situação do PL118 não podia ficar mais feia, eis que vejo declarações de que a quantia a pagar é simbólica e que o alarido feito na net é um exagero, no fundo, um choradinho, resultante de uma cambada de gente que não consegue ver como os coitadinhos dos autores vivem em dificuldades.

Eu não tenho nada contra os autores nem sei como eles vivem; francamente, nem quero saber. Não admito é que venha alguém, armado em white knight, dizer que está aqui a salvaguardar os direitos destes, dizendo ainda por cima que a única forma de o fazer é entrando pelos meus direitos adentro e taxando-me por um crime que não cometi como se fosse uma criminosa. É pior a emenda que o soneto, mas ainda assim, os white knights acham-se cheios de razão.

Já agora, simbólico o tanas. Um cêntimo já é demais.